. 28 março, 2017 .
Entre dias chuvosos e noites sem planos, ver séries passa por ser um momento de puro entretenimento. Não há nada melhor do que passar horas enroscadinha no sofá a conhecer histórias que envolvam e personagens que provocam qualquer tipo de reação. E eu adoro estes momentos. Devoro - e devorei - imensas séries televisivas que me transportam para outros espaços de tempo e de ação, invocando outras realidades que não a minha. Talvez seja isso que me faça perder nelas: o poder encontrar e conhecer outras formas de imaginar o mundo.

Enfim, existem séries que, por qualquer razão, marcam e que nos deixam completamente colados ao ecrã. Que nos servem tanto de lição como de lazer. Que nos levam a outros tempos e, por vezes, até outros universos. Que nos são narradas em primeira pessoa ou pela perspetiva de alguém totalmente inesperado. São estes os pormenores que me deixam rendida à televisão. 


5 of my favorite shows

. 26 março, 2017 .
Passeios inesperados podem resultar numa boa oportunidade para explorar a câmera e o que estou constantemente a aprender, tanto na faculdade, como por mim própria. Foi, pelo menos, dessa forma que vi este programa de uma tarde que também serviu para relaxar junto ao mar e motivar-me para futuros projectos que terei que desenvolver noutros contextos.

Este conjunto de fotografias é a conjunção dessas vertentes: uma experimentação de planos e composições que, aos meus olhos, descrevem a Ericeira. Mar, praia, surf e as típicas casinhas com vista para o mar de cor branca e com uma faixa azul ou amarela, relembrando os dias de verão. 




-

Beach Front, Ericeira (2017)

. 19 março, 2017 .
Eu tenho a mania de criar playlits que reunam novas músicas que descubro, a outras que sinto que ficavam bem dentro de certo estilo. Sou uma pessoa extremamente organizada nesse aspeto, tal como em tudo, e isto até acaba por se tornar num hobby interessante, já que me obriga a ir à procura de novas músicas. 

Posto isto, ultimamente ando agarrada a nove músicas que acho que soam muitíssimo bem juntas e que se enquadram em dois estilos musicais, que cada vez mais me têm deixado refém: Hip-Hop e Soul.  Esta coletânea é para os momentos em que me quero sentir bad ass


cool kids

. 17 março, 2017 .
Ter um blog expõem-nos de um modo que, ao entrarmos neste mundo, não temos bem noção. Só depois, quando as inseguranças começam a florescer, é que tomamos consciência da dificuldade que existe em nos exprimirmos com confiança. Isto é, não são só os nossos pensamentos, desejos e memórias que aqui estão publicadas, mas também a nossa imagem. Quer seja esta real ou um reflexo do que os outros acham que nós somos.

Confesso que ainda estou a aprender a lidar com isso. Em cada publicação tento sempre exprimir-me de forma mais clara possível e, por vezes, desejo até ser totalmente linear, porque sei que quero olhar para este blog, no futuro, e sentir orgulho destas pequenas coisas que vou partilhando.

Assim, sem mais nem menos, gostaria de um dia mais tarde de ainda me identificar com esta "imagem" que se vai construindo, publicação a publicação. Não quero olhar para trás no tempo e sentir que perdi uma grande parte da minha vida a escrever coisas soltas, aleatórias e inúteis. E que dei a cara por elas. Pois, quer goste ou não, esta sou eu e este blog é o reflexo disso.

Foi este o modo que achei mais oportuno para introduzir algo novo nesta plataforma, que há demasiado tempo tenho o desejo de fazer, mas porque envolvia expor-me a um outro nível, adiei. Neste segmento do blog, pretendo partilhar alguns dos meus coordenados preferidos, de maneira a servir tanto de inspiração aos outros como a mim mesma - Inês do futuro, se tiveres a ler isto, lembra-te que gostaste imenso deste outfit e que podes aproveitá-lo para ocasiões mais formais. 

monochrome

. 14 março, 2017 .
Para o bem e para o mal sou aquela miúda que adora maquilhagem, roupa e de se sentir bonita e preparada para qualquer ocasião. Gosto de me sentir bem comigo própria, com e sem maquilhagem, de pijama vestido ou com a minha peça de roupa preferida. As "horas" que passo em frente a um espelho são minhas, é o meu tempo para descontrair e talvez seja por isso, que não gosto de apressar este meu ritual, mesmo que por vezes isso acabe por acontecer. Não quero parecer fútil, mas acho mesmo importante que a confiança venha tanto de dentro como de fora. 

Consequentemente, utilizo diariamente produtos que já considero serem essenciais e muitos deles são budget friendly, porque isto de depender de uma mesada tornar-nos especialistas em decidir o que é realmente importante para nós. Pois, embora eu goste destas coisas, tenho outras intenções e prioridades. Assim, e porque sei que também muitas(os) de vocês andam frequentemente à caça de produtos de qualidade por um preço simpático (e acreditem que é possível encontrar), partilho seis produtos de beleza que adoro e que custam menos de 10€. 


beauty products I love // for less than 10€

. 01 março, 2017 .
Foi este mês que o Nightie Night pode (re)nascer como expressão dos meus desejos, das minhas experiências pessoais e da minha vontade de comunicar com o mundo. Pois, o bichinho do blog persistiu a múltiplas desistências da minha parte, justificadas ora por falta de tempo, ora por falta de inspiração - gerir um blog é difícil quando temos outras prioridades. Sinto-me realizada por ter retomado à blogosfera e de ter conseguido (voltar a) ter disponibilidade para ler blogs - já que aprecio a individualidade de cada um. 

Foi também em Fevereiro que tive tempo de recuperar diversas atividades. Visitei sítios novos, pude procrastinar à vontade e ainda vi as minhas séries (que tanto adoro). Reencontrei amigos e consegui estar mais presente na vida de cada um. E como é habitual, partilho convosco os meus favoritos de Fevereiro de 2017. 



fevereiro'17