. 17 setembro, 2018 .

Moulin Rouge! (2001)
Dos cenários excêntricos à performance teatral e bizarra dos atores, Moulin Rouge!, remete para o teatro tradicional como o conhecemos. Como um Ópera excepcional este filme, escrito e produzido por Baz Luhrmann (diretor de Romeo + Juliet), reune músicas conhecidas de Madonna (e não só!) e de filmes da Era de Ouro de Hollywood numa das histórias de amor mais antigas: dois apaixonados, que devido às condições que estão sujeitos, têm que esconder o seu amor. 

Nicole Kidman apresenta-se extremamente bela e com uma surpreendente interpretação de Satine, uma dançarina de cabaré. Ewan McGregor transforma-se num jovem escritor romântico completamente apaixonado, Christian. Duas atuações excepcionais que em conjunto com as outras personagens transformam este filme em algo realmente único e ousado. 

5/5 estrelas

. 14 setembro, 2018 .

Este foi um verão diferente. Entre ter que resolver a minha vida universitária pós-erasmus, fazer o exame de condução, tratar de mil e uma questões que se foram levantando ao longo destes 3 meses que passaram, acabei por poder descansar em família durante uma semana em terras algarvias.

Embora já tenha ido há quase 4 anos pela primeira vez a Albufeira, fiquei apenas por um fim-de-semana. Nessa altura apaixonei-me pela arquitetura tipicamente mediterrânea (que se assemelha a uma das inúmeras ilhas gregas), pela água do mar cristalina e por toda a descontração de quem por lá decide passar. A verdade é que também ficaram coisas por fazer, nomeadamente, descobrir numa viagem de barco algumas grutas, praias privativas ou inacessíveis a quem barco não tenha. 

Este ano tive oportunidade de fazer isso mesmo, de puder mergulhar na água salgada do mediterrâneo a uns quilómetros da costa, de fazer longas caminhadas ao longo da praia e de me perder entre falésias.  Pude repousar na piscina do condomínio, imergir na leitura dos dois livros que levei comigo, recuperar a vitamina D e bronzear - como já não bronzeava há anos. 

highlights da semana

Houve espaço para mini-sessões entre as caminhadas e descobrir semelhanças entre o set do filme "Mamma Mia" e Albufeira.


Neste dia acabámos por nos "perder" entre as praias, o que resultou numa oportunidade de beber um cocktail após um mergulho.


A viagem de barco pelas grutas com direito a mergulho.

. 11 setembro, 2018 .


Enquanto me preparo para um novo ano lectivo, em que me inscrevi em algumas cadeiras bastante desafiantes e outras pelas quais tenho especial interesse e que poderão definir a minha carreira, começo a pensar em definir objetivos para o futuro.


Uma vez que este será o meu último ano da licenciatura, pretendo aproveita-lo de um modo mais intenso e diferente em todas as frentes. Nomeadamente, na minha conduta enquanto profissional, na forma como me mostro aos outros e na dimensão artística e criativa que o meu curso concede.


O futuro ainda é incerto, porém existem aspetos que posso controlar:



1. Incomodar os outros. Este é uma solução para aqueles casos em que um indivíduo vai-se negligenciando em função da personalidade dos outros. Começa por falar menos, a partilhar menos, ao mesmo tempo que os silêncios vão crescendo e prolongando-se.
Foi isso que aconteceu comigo no final da minha adolescência (é verdade, já fiz os 20!) devido a circunstâncias individuais (e coletivas) da minha vida. Fiquei uma pessoa cada vez mais fechada. Comecei a falar menos e quando o fazia apressava-me, como para não ocupar demasiado "espaço". 
Aos poucos percebi que perco demasiadas oportunidades com este feitio e que, perante este facto, tenho que recuperar a minha voz, incomodando os outros.  
Isto é, também, dar voz às minhas emoções e sentimentos - que são totalmente válidos -, questionar os outros, procurar perceber-me melhor. 

2. Envolver-me em projetos (ou, em último caso, cria-los). Já me passou pela cabeça inúmeras ideias que não passaram de pequenos nadas. Enquanto não arranjar motivação e paciência não passarão disso mesmo. 
É, desta forma, que tenho como objetivo envolver-me em projetos que não só me fascinem, mas que me façam crescer no campo profissional. 

3. Continuar a desenvolver o meu perfil profissional. Parte assustadora (e ao mesmo tempo empolgante) de este ano ser finalista é a incerteza do que virá depois. Ter que perceber o esquema atual das empresas de comunicação, discernir a quais enviar currículos, construir o melhor portfolio possível, preparar para entrevistas (e muito mais) vai ser essencial este ano e eu quero estar preparada - e reler o livro licenciei-me.... e agora?.


. 31 agosto, 2018 .


De inspiração francesa o Café Janis apresenta uma carta recheada de bons vinhos e cocktails e, caso haja apetite, comida incrivelmente deliciosa - faz, também, parte do leque de cafés com oferta de brunch.

Das duas vezes que o visitei escolhi ficar pela esplanada com cadeiras de palha. Fui sempre atendida com a maior delicadeza e atenção. E numa das vezes acabei mesmo por aproveitar as "gambas em manteiga de alho, salsa e limão" do menu para partilhar, acompanhado por um citrus moscow mule. Ficou de imediato aprovado!

O espaço aberto para a cidade convida, assim, à conversa e à celebração da amizade entre petiscos!

Aberto de terça a domingo,
das 08:00 à 01:00.
Rua da Moeda, 1A, Cais do Sodré, Lisboa